segunda-feira, 27 de julho de 2009

Medicina Alternativa


Todos sabem do mal que os remédios químicos causam à nossa saúde, por isto muitos preferem utilizar a medicina das ervas como alternativa para fugir deste perigo.Existem muitas receitas caseiras de remédios feitos com ervas . Veja a seguir algumas:

Acidez Estomacal
Esse problema pode ser resolvido acrescentando-se nabos e batatas cruas ralados ao cardápio do paciente, que deve ainda tomar uma xícara diária de chá de alfafa.

Aftas
Uma forma simples de acabar com o incômodo causado pelas aftas é mastigar uma folha de alecrim por cerca de 3 min.

Mastigar folhas do olho da mangueira por alguns segundos e descartar;

Asia
Simplesmente mastigue folhas de framboesa.

Mastigar pedaços de batata crua e engolir o suco;
Bronquite
Tome chá feito de folhas de eucalipto adoçado com mel.

Artrose
Fazer chá das folhas do sabugueiro;

Catarro
Para acabar com o catarro ferva 20g de verônica mais 1L de água em fogo brando.
Deixe esfriar um pouco e cue.
Beba 4 copos durante o dia.

Cólicas
Existem vários tipos de cólicas e por isto vamos ensinar uma receita para cada tipo.

Cólicas Renais – Esmague algumas sementes de melancia.
Paralelamente a isso coloque meio litro de água para ferver. Em seguida acrescente as sementes esmagas à água fervente e abafe a mistura por cinco minutos.
Substitua a água pura por este preparo por uma semana.

Cólicas do Útero – Tome chá de melissa várias vezes durante o dia.

Cólicas Menstruais – Pode resolver o problema tomando-se chá de folhas de arruda (sem açúcar), chá de louro adoçado com açúcar queimado ou chá de salsa.

Colesterol Elevado
Cortar uma berinjela grande em fatias finas (com casca) e colocar de molho em 1 litro de água – colocar na geladeira de um dia para o outro. No dia seguinte remova as rodelas de berinjela e acrescente o suco de 2 limões e beba este litro ao longo do dia.
Cuidado, esta receita usada por mais de 15 dias causa emagrecimento acelerado, não ultrapasse 60 dias de uso contínuo.

Desmaio
Para despertar uma pessoa desmaida basta triturar um dente de alho e fazer com que o paciente sinta o cheio do alho. Em seguida, faça uma leve massagem no pulso com o restante do alho.

Diabete
Fazer um chá de 80 gramas da raiz da urtiga em 1 litro de água por dia;

Diarréia
Uma dieta à base de maçãs pode ser eficiente no combate a diarréia.
Rale 1 Kg de maçã e coma pequenas porções em intervalos regulares durante todo o dia.
Não coma outro tipo de alimento durante esse período.

Dor de cabeça
Tome uma xícara de chá preto.
A casca da laranja é um excelente analgésico;

Dor de Cabeça: colocar os pés por 1 minuto imersos em água supergelada;

Dor de garganta
Prepare um chá com algumas folhas de malva.
Com o chá frio faça gargarejos com ele três vezes ao dia.

Dor no Ombro
Ralar o caroço de um abacate, colocar no álcool por uns 10 dias e massagear o local;

Enxaqueca
Enxaqueca Matinal: ferver a casca da laranja (+- 5cm) por 5 minutos e tomar o chá;
Enxaqueca à tarde: geralmente é causada por problemas digestivos – tomar chá de boldo;
Enxaqueca de ressaca e sonolência: pela manhã bater levemente uma fatia de malancia com semente, coar e tomar este suco;

Fraqueza
Misture um pouco de mel com o sumo de algumas folhas de hortelã. Tome pequenas porções em dias alternados.

Frieiras
Ferva em 1L de água 70g de visco e coe em seguida.
Lave com este liquido as regiões afetadas várias vezes ao dia.

Fibromialgia/Relaxante Muscular
Mastigar a casca seca da laranja;

Furúnculos/Hemoróida
Ferva um punhado de folhas secas de altéia numa quantidade pequena de água. Deixe esfriar e espelhe as folhas sobre uma gaze para aplicar sobre o furúnculo.

Colocar rodela de cebola crua sob o local do furúnculo e enfaixar/colocar esparadrapo – deixar de um dia para o outro. O furúnculo sairá completamente e vai ficar um buraco no local que fechará em alguns minutos após a remoção da bandagem;
Nos cortes, esfregar pedaço de cebola crua no local várias vezes;
Nas hemorragias nasais, cheirar profundamente um pedaço de cebola crua;

Gastrite
Rale algumas maçãs verdes sem o talo e coma durante todo o dia.

Gengivas Sensíveis
Ferva 50g de folhas de sálvia em um litro de água. Deixe esfriar e coe em seguida.
Beba 4 xícaras ao dia e paralelamente faça gargarejos com o preparo.

Gravidez
Inchaço nas pernas – Ferva 30g de cabelo de milho por quinze minutos em dois litros de água. Deixe esfriar um pouco e coe.
Tome 2 xícaras ao dia.

Gripe/Pneumunia
Faça um chá com um dente de alho, uma folha de mamão seca ao sol e um limão cortado.
Tome três doses ao dia.

Assar bananas em forno convencional, pulverizar com canela em pó e comer à vontade pela manhã;
A casca da banana também é utilizada para remover verrugas, para cicatrizar queimaduras de até 3o. grau e para rachaduras nos pés – raspar a parte interna da casca, colocar sobre o local e cobrir com band aid ou uma faixa;

Gastrite/Ulsera
Liquidificar 1 batata grande (ou 2 médias) e tomar 1 copo pequeno deste “leite” 30 minutos antes do café da manhã e 30 minutos antes do jantar;
Gastrite: tratar por 2 semanas;
Úlcera: tratar por 1 mês;

Hemorragia
Misture pó de café com suco de limão e coloque sobre o ferimento.
Leite de mamona também é eficiente para estancar a hemorragia, além de facilitar a cicatrização.

Hipertensão
Pegar 3 dentes de alho à noite, esmagar, colocar em uma xícara com água e com o suco de 1 limão, tomar pela manhã e completar os mesmos dentes esmagados com água e limão novamente, tomar à noite e repetir a receita com outros 3 dentes de alho para o dia seguinte, ou seja cada 3 dentes são usados para tomar o remédio 2 vezes;

Infecção de Garganta
Fazer gargarejo com suco de abacaxi com uma pitada de sal;
Comer sempre que possível, rodelas de abacaxi à noite (como sobremesa do jantar)

Má Circulação
Imergir os pés em água quente por 4 minutos e em seguida colocar em água fria por 1 minuto e voltar para a água quente e fria sucessivamente.

Marcas de Espinha/Rugas no Rosto
Fazer uma mistura de argila, suco de cenoura, mel e confrei e aplicar uma camada desta pasta de aproximadamente 1 cm no rosto por uns 40 minutos;

Metabolismo Baixo
Tomar cápsulas de pimenta caiena (farmácia de homeopatia); - ajuda no emagrecimento;

Pressão Baixa
Bater no liquidificador 1 pepino caipira, coar e tomar 1 cálice;

Sarampo
Fazer chá das flores do sabugueiro;

Stress
Comer 1 maçã por dia – sempre no café da manhã ou no lanche da tarde, nunca após as refeições; (também combate a asma e a rouquidão)
Fazer chá da casca da maçã e tomar antes de dormir;
Caminhar de 5 a 15 minutos diariamente descalço na terra ou na grama;
Nas dermatites seborreicas/caspas causadas pelo stress, esfregar por 2 minutos o couro cabeludo com sementes de tomate e lavar em seguida com água fria (ou o mais fria possível);

Sinusite
Extrato de Própolis - Pingar uma gota em cada buraco da Narina.

Colocar um giló no vidro com alcool e deixar por 3 dias descansando, depois disso cheirar a noite antes de dormir. Faça esse tratamento por uns 6 meses.(Funciona mesmo.Digo isso por experiência própria)...

DICAS GERAIS

Tome no mínimo 3 litros de água por dia;
Tome banhos o mais frio possível;
As receitas dadas devem sempre ser feitas com frutas/verduras/legumes etc., frescos, nunca de garrafa ou congelados;
Não prepare as receitas em microondas;
Não adicione açúcar em nenhuma das receitas e tente diminuir o consumo deste produto ao mínimo possível na dieta regular;

"A medicina alternativa apresenta novas possibilidades de cuidados com a saúde, utilizando recursos naturais e menos agressivos"...

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Bruxas: Uma História de Magia e Terror


O Halloween é conhecido também como o Dia das Bruxas. Brincadeiras à parte, o mito da mulher má, que fazia pactos com o demônio, nasceu na Idade Média, quando milhares de mulheres foram presas, acusadas de bruxaria e queimadas vivas. Hoje, elas são lembradas como figuras assustadoras, voando em vassouras e fazendo feitiços malévolos na festa do Halloween. Em outras culturas, porém, as mulheres sábias, que conhecem remédios e fazem curas, são respeitadas, procuradas pelas pessoas e, em muitos lugares, representam a fonte da sabedoria, a memória da comunidade e quase sempre, o único médico.

A Vida em um Mundo Mágico

Desde os tempos em que habitavam as cavernas, na época que chamamos de Pré-história, as pessoas dividiam seus interesses entre a batalha pela sobrevivência e seus temores e crenças. Ao mesmo tempo em que criavam instrumentos para facilitar a coleta de alimentos e a caça de animais, criavam também os seres mitológicos que serviam para explicar tudo que acontecia. Os deuses antigos eram, em sua maioria, feminina. Como era a mulher que ficava na caverna ou na tenda, cuidando dos filhos, da cozinha e, depois, das primeiras plantações, ela se encarregou também dos medicamentos, do socorro aos doentes, das rezas e dos partos. Sábias depositárias dos segredos da maternidade e da morte constituíam o eixo da descendência. As sociedades conhecidas dessa época eram, portanto, matriarcais.
Entre todas as manifestações divinas, a maternidade era a que mais maravilhava as pessoas. O poder de gerar novas vidas dava à mulher um caráter sagrado. A criação do mundo era entendida como obra de uma Grande Mãe. Com o surgimento das sociedades agrárias, o culto à Grande Mãe floresce em todo o seu esplendor. Acreditava-se que a fertilidade dotava a mulher de poderes capazes de aumentar a fertilidade da terra e dos animais.

Do Matriarcado ao Patriarcado

"No princípio era a Mãe. O verbo veio depois". A frase da pensadora feminista norte-americana Marilyn French refere-se à passagem da cultura matriarcal para a patriarcal. O nascimento da agricultura e a definição dos territórios tribais levaram ao acirramento das disputas e das guerras. As concentrações humanas cresceram organizadas em torno da produção de alimentos e das lideranças guerreiras que lhes davam proteção. Essa mudança levou à queda das deusas e à criação dos deuses – fortes, guerreiros, conquistadores. A saga de Conan, levada para o cinema, nos dá uma idéia de como eram esses tempos. Os textos bíblicos também lembram essa época: a mulher obedece e serve. É mãe, cortesã ou prostituta e não tem poder político. Nas sociedades ocidentais, os deuses acabam dando lugar a um só deus, matriz das três principais correntes religiosas do mundo atual: o cristianismo, o judaísmo e o islamismo. A mulher passa para um segundo plano.

A Sabedoria Milenar das Bruxas

Muitas mulheres, porém, continuaram nos caminhos da sabedoria, passando de mãe para filha os segredos do parto, das curas, das rezas, dos caminhos para o desconhecido, que hoje chamamos de mágico. Até a queda do Império Romano, a palavra bruxo designava apenas um praticante de magia. Esses bruxos – em geral, mulheres – eram pessoas ao mesmo tempo respeitadas e temidas nas comunidades.

Segundo o folclore europeu – principalmente dos povos nórdicos e germânicos –, os bruxos sentiam-se mais à vontade durante a noite, quando tinham encontros secretos com divindades do céu e da terra. As lendas se referem a eles como sábios que cavalgavam javalis ou lobos e faziam profecias. Merlin, que na lenda do rei Arthur preparou o menino para o reinado, é uma representação desses sábios. A fada Morgana, heroína celta do livro As Brumas de Avalon, é outra. Apesar da cultura patriarcal predominante, esses povos ainda apresentavam resquícios dos milenares cultos à Deusa-Mãe, representados pela forte ligação com os elementos da natureza.

No Brasil, encontramos essas mulheres sábias nas ruas, vendendo ervas de nossas matas, aconselhando e dando receitas para as doenças do corpo e da alma. Elas conhecem cada planta, seus princípios ativos e, nos últimos tempos, tiveram sua sabedoria reconhecida pela ciência. Muitas universidades pesquisam os efeitos desses remédios populares e há laboratórios que já industrializam essas medicações.

A Magia do Mundo Celta

Entre os povos que habitavam a Europa no início da Idade Média, os celtas eram especialmente ligados à magia. Habitando uma terra que seria pródiga em gnomos e contos de fada, os celtas utilizavam feitiços para marcar os momentos mais significativos de suas vidas. Por exemplo: a coroação de um novo rei e o início da época do plantio ou da colheita.

As Primeiras Punições

Depois de um longo período de paz para as bruxas, os povos europeus da Idade Média mergulharam numa longa fase de perseguições àqueles que tinham crenças diferentes das do cristianismo. Por razões econômicas e religiosas, a igreja católica assumiu a caça às bruxas, construindo a idéia de que elas eram associadas ao diabo. Em quase toda a Europa, o tratamento era o mesmo: as leis permitiam que a família da vítima punisse a bruxa. A saga irlandesa Laxdaela, do século XII, conta à história de um casal de bruxos que foram apedrejados até a morte, acusados de ter causado, com feitiços, a morte de um garoto de 12 anos.
Já em 500 a.c., os franco-sálios – habitantes da região da atual França – afirmavam: "Se uma bruxa destruir um homem e houver provas de tal feito, ela deverá pagar à família da vítima uma multa de 200 shilings de ouro e uma soma menor caso a vítima apenas adoeça". A condenação à morte acontecia apenas nos casos em que a bruxa confessava sua culpa ou não podia pagar a multa. Mas os caçadores de bruxas aperfeiçoariam seus interrogatórios e cada vez mais mulheres acabariam confessando o crime de bruxaria.

Quando Satanás entra na História

Depois da queda do Império Romano, a igreja católica foi à única instituição capaz de manter uma certa unidade cultural na Europa. E, com o passar do tempo, sua influência foi ficando mais e mais poderosa. Apesar disso, era comum que pessoas se declarassem cristãs, mas se mantivessem fiéis aos costumes pagãos de seus antepassados. Os povos nórdicos, por exemplo, mesmo depois de convertidos ao cristianismo, continuavam a fazer festas em homenagem a Thor. Acendiam fogueiras, realizavam antigos rituais, bebiam muito vinho e cerveja. Dançavam e cantavam.

Mesmo condenando essas práticas, a igreja não conseguia coibi-las totalmente. Apelou então para um expediente que se mostrou muito eficaz: incorporou as datas festivas pagãs ao calendário cristão. E, para acabar de vez com qualquer tipo de idolatria, passou a identificar os deuses pagãos à figura de satanás para se contrapor à figura de seus. E as punições foram se tornando mais cruéis. Em 787, um edital de Carlos Magno, dirigente do Império Romano (800 a 814), declarava: "Se alguém sacrificar um ser humano ao demônio e oferecer sacrifícios aos demônios obedecendo aos costumes pagãos, poderá ser levado à morte". O cenário para a caça às bruxas estava finalmente montado.
No início da Idade Média, a figura da bruxa má e feiosa assume seu lugar no imaginário popular. De antigas detentoras de conhecimentos milenares, ligadas à Deusa-Mãe, as feiticeiras passaram a ser vistas como "esposas do demônio", mulheres perversas capazes de todas as atrocidades.

A Inquisição Espalha o Terror

Primeiro, a igreja começou a perseguir os heréticos. Qualquer pessoa que interpretasse de maneira errônea os evangelhos era passível de punição. O primeiro grande tribunal público medieval contra as heresias – incluindo as bruxarias – foi organizado em Orléans, em 1022. Os réus eram reformistas que pregavam que o reino de deus estaria no coração dos homens e, por isso, as igrejas eram dispensáveis. O julgamento foi conduzido em segredo, sem a presença de um júri. Ninguém podia confrontar seus acusadores nem saber a identidade dos delatores. Foram todos condenados à fogueira.

Quando um acusado admitia sua culpa, era multado ou preso e todos os seus bens eram confiscados. Esses bens passavam para o controle da igreja. Daí, inclusive, o interesse de algumas autoridades nas condenações. Finalmente, a igreja católica criou, em 1233, a Inquisição. Em pouco tempo, essa terrível instituição espalhou o terror pela França, Itália e Alemanha, chegando com menos intensidade à Inglaterra, à Espanha, a Portugal e até mesmo ao Brasil.

É difícil precisar o número de pessoas condenadas à morte. Uma coisa, porém, é certa: entre todos os condenados à morte por bruxaria, mais de 85% eram mulheres. Algumas cidades realizaram mais de 600 execuções por ano, uma média de duas por dia, "exceto aos domingos".

Como Interrogar uma Bruxa

Em 1486, com as bênçãos do papa Inocêncio, Heirich Kramer e James Sprenger escreveram aquele que seria o livro de cabeceira dos inquisidores e torturadores dos séculos seguintes. O Malleus Maleficarum – O Martelo das Feiticeiras (Editora Rosa dos Tempos, 1991) ensinava como reconhecer uma bruxa e, principalmente, técnicas de tortura que deviam ser aplicadas para obter confissões. O livro unia as crenças folclóricas sobre feitiçaria com a doutrina da igreja sobre heresia e culto ao diabo. E consolidava definitivamente o desprezo pela figura da mulher: "O que é a mulher senão a inimiga da amizade?", escreveram os autores. "Uma inevitável punição, um mal necessário, uma tentação natural?". As mulheres seriam falsas, lascivas, mal-intencionadas e sem força de vontade. Totalmente voltadas para a convivência com o demônio "porque eva nasceu de uma costela de adão, portanto nenhuma mulher pode ser reta".

Em pleno Renascimento, época de grandes descobertas científicas e agitação cultural –às vésperas dos grandes descobrimentos –, a publicação do Malleus Maleficarum intensificou a perseguição às bruxas em toda a Europa. Em 1579, o concílio da igreja declara: "Todos os charlatães, adivinhos e outros que pratiquem necromancia, piromancia, quiromancia e hidromancia serão condenados à morte".

O Fim das Perseguições

Da mesma maneira como a caça às bruxas chegou, ela se foi. Fim da histeria coletiva? Ou indícios de que os interesses econômicos começavam a superar outros interesses? Afinal, se a matança indiscriminada trazia muitas riquezas para a Igreja, também causava prejuízos ao capitalismo que se formava. Eram milhares de trabalhadores em potencial mortos, cidades economicamente estagnadas pelo terror, pelos interrogatórios sem fim, pelas execuções em massa. A atuação da inquisição também era incompatível com a nova mentalidade científica que começava a despontar e que ficaria conhecida como Iluminismo. O mundo mais uma vez estava mudando e, neste novo horizonte que se delineava, não havia espaço para delírios espirituais.

Na Inglaterra, três velhas sofridas foram as últimas acusadas de bruxaria. Morreram enforcadas em 1682. Na França, curiosamente, a última vítima da caça às bruxas foi um homem. O frade Louis Debaraz foi queimado vivo em 1745, acusado de rezar missas para o demônio. Na Alemanha, o terror terminou em 1775, depois da execução de mais uma bruxa confessa: Anna Maria Schwagel.

Nenhuma delas voava em vassouras ou tinha verrugas no nariz, usava chapéu preto ou cozinhava aranhas, mas é assim que, infelizmente, teimamos em lembrar delas no Dia das Bruxas.

O Batismo Pagão



O Batismo é uma cerimonia muito antiga, praticada pelas sociedades antigas, em seus diversos cultos e religiões, desde tempos imemoriais.

Através dela não somente confirmava-se o nome que tinha sido dado pelos pais ao bebé, no momento do nascimento, como também celebrava-se esta cerimonia nos Templos, aos iniciados, quando recebiam seu Nome na Arte, ou o Nome Cósmico, dependendo do caso.

Hoje em dia esta cerimonia é conhecida como o Batismo em casa, e já quase não é usado, pois sua importancia, ainda que muito maior que a cerimonia na Igreja, foi deixada de lado, como algo irrelevante.

Esta cerimonia pode ser feita em casa, ou num Coven, ou ao livre em comunhão com a Natureza, Mãe Terra; se ouver um Sacerdote ou Sacerdotisa, ou um Bruxa, poderá oficiar o batismo, fazendo uma breve introdução, contendo além das palavras que desejar, para unir a energia do grupo, uma explicação sobre o Batismo Pagão.

Não é imprescindível um Altar, mas nada impede que esta cerimonia seja feita na frente dele se ouver.

Serão necessários dois padrinhos, um homem e uma mulher, como representação de nossos pais espirituais, os quais tem nos apoiado nas diversas existências anteriores, e que se apresentam agora na figura dos padrinhos, como nossos guias nesta vida atual.

A madrinha segurará o bebé no colo, ou dará a mão se a criança for maior, ou colocará o braço ao redor do adulta que será iniciada e/ou batizada.

Ela terá na mão um ramo da Arruda, e o padrinho uma vela branca acesa.

Depois da palavras do oficianta, o padrinho inicia a cerimonia dizendo:

“Eu ( dizer nome da Arte do padrinho) confirmo teu Nome……………(dizer o Nome escolhido na Arte ou Nome Cósmico da pessoa que está sendo batizada) e te batizo com ele em Nome do Espirito dos Espíritos (Akasha) e em Nome Daquela que é (a Deusa).

Prometo nesta hora sagrada, que assim como esta luzinha brilha na tua mão (colocar a vela na mão do bebé ou entregar à pessoa que está sendo batizada) por todo o sempre haverá uma Luz acesa em meu coração, para iluminar teus passos e guiar o teu Caminho”

Neste ponto todos os presentes devem dizer : “que assim seja!”

Agora a madrinha diz:

“Eu (dizer o Nome na Arte da madrinha) confirmo teu Nome……………(dizer o Nome escolhido na Arte ou Nome Cósmico da pessoa que está sendo batizada) e te batizo com ele em Nome do Espirito dos espíritos (Akasha) e em Nome Daquela que É (a Deusa).

Assim como estes ramos da Mãe Terra, permanecem verdes mesmo na estação do frio, e servem para nos ajudar e nos proteger, prometo, nesta hora sagrada que estarei para te ajudar e te proteger sempre que de mim precisares”

Neste ponto, todos os presentes devem dizer que :”assim seja!”

Segue o padrinho dizendo:

Dizer o Nome com o que o bebê ou a pessoa está sendo batizada e seguir:

“Que o Sopro do Espírito dos espíritos, traga Vida Real para a tu existência” ( e assopra na parte superior da cabeça do bebé, ou da pessoa que está sendo batizada)

Neste ponto, todos os presentes devem dizer que :“assim seja!”

Então a madrinha molha os ramos verdes em água previamente consagrada pela oficiante da cerimonia e diz:

Dizer o Nome com o que o bebé ou a pessoa está sendo batizada e seguir:

“Que a Deusa abençoe tua existência com a Água da Vida, tornando-a plena de realizações”( passar o ramo em cruz na testa do bebé ou na testa da pessoa que está sendo batizada)”

Neste ponto, todos os presentes devem dizer que :“assim seja!”

Agora para terminar a cerimonia todos os presentes devem dizer:

Nós que alcançamos a vitória sobre a morte,
Nós que vencemos as batalhas pelo renascimento,
Graças a Ti, Grande Mãe que nos acolhestes em Teu Seio,
Até que estivemos prontos para a Vida Real,
Te saudamos e reverenciamos Tua Presença Infinita (todos fazem uma reverencia)

Assim é, assim será!
Em Nome do Espirito dos espíritos,
Em Nome Daquela que É!

Agora todos podem dar os parabens a familia do bebê e/ou da pessoa que foi batizada e festejar!

Nota: Não há idade para o Batismo Pagão, pode ser feito no momento que a pessoa o desejar
.

Magia do Elemento Gelo (Congelando Problemas)



"O elemento gelo é uma modificação do elemento água, baseado em temperaturas baixíssimas, por isso possui características ofensivas maiores que o elemento água e também pode congelar ataques de energias nocivas..."

Para esta magia você vai utilizar:

água mineral,

uma vela branca,

um copinho descartável (transparente de preferência),

papel branco e um lápis.

Em uma segunda-feira, coloque a água no copinho, ponha em seu altar (se não tiver um, faça em uma mesa limpa e vazia), acenda a vela, e escreva com o lápis no papel branco tudo aquilo que você gostaria que parasse de acontecer.

Ex: você esta brigando muito com alguém, ou esta com uma dor faz muito tempo (antes procure um médico), seu vizinho te incomoda, seu chefe pega muito no seu pé…

Enfim, coisas que você já esta cansado(a) viver na rotina.

Dobre bem o papel, e coloque dentro do copinho com água.

Reze sua oração preferida com as mãos direcionadas ao copinho; e deixe ali até a vela acabar de queimar.

Por último, pegue o copinho e coloque no freezer, e deixe lá até as coisas acalmarem.

Quando você sentir que surtiu efeito, tire o copinho do congelador e deixe-o ao sol, ele tem que descongelar só.

Depois de descongelar, pegue o papel dentro do copinho e ponha para secar também, e depois de seco queime-o, segurado por uma pinça, e jogue em água corrente.


quarta-feira, 15 de julho de 2009

Como as Bruxas veem a Mentruação!



Parte 1


.

Muitas mulheres vêem o sangue menstrual com as marcas que o patriarcado lhe colocou: sujo, nojento, desagradável...

Bem, para ser uma bruxa você tem que destruir esses pensamentos e essas sensações e recuperar a sacralidade de seu sangue menstrual. Acostume-se com seu sangue menstrual.

Menstruar é um fato central na vida de qualquer mulher. Entre as diferenças que existem entre homens e mulheres, 'sangrar sem morrer' certamente é uma das mais significativas e que deixou forte impressão na mente humana, desde o primórdio dos tempos. Para nossas ancestrais da Idade da Pedra, o sangue menstrual era sagrado. A palavra sacramento provavelmente se origina de sacer mens, literalmente, menstruação sagrada.

Menstruação significa "mudança de lua". Tem como sílaba-raíz mens, mensis, e está na origem da contagem do tempo. Forma palavras como medida, dimensão, metro, mente, para citar algumas.
O sangue menstrual, representando o poder de criar vida que conecta as mulheres com o próprio universo, era tabu, palavra polinésia significando "sagrado" e "proibido". Nas sociedades tribais, a menarca, o início do fluir do sangue, era celebrado com um rito de passagem, auxiliando a menina a realizar sua entrada para o reino do mana: o poder sagrado transmitido pelo sangue e que tanto podia dar como tirar a vida.

Ao longo dos milênios, as mulheres têm desaprendido a arte de menstruar, de fluir com a vida. O que era sagrado tornou-se proibido, sujo, contaminado. A regra passou a ser esconder a regra. O resultado disto foi que o evento central na vida de toda mulher madura tornou-se invisível. Mesmo mulheres "liberadas" acreditam que suas regras (aquilo que as rege) são uma inconveniência que deveria ser eliminada. A decantada imprevisibilidade feminina é, em grande parte, decorrente das oscilaçes a que a mulher está submetida, ao longo de seu ciclo mensal. É expressão da imprevisibilidade da própria vida.
Se você quiser se conhecer melhor como mulher:
· fique atenta ás oscilações que você sente durante seu ciclo menstrual
· observe a lua e note a diferença de menstruar na lua cheia ou lua nova
· anote seus sonhos e veja as diferenças entre ovulação e menstruação.
· elabore um mapa dos padrões para ajudar você a programar seu 'tempo da lua'.

Faça de sua menstruação um tempo de celebração como mulher:

Ritual de celebração menstrual

-velas vermelhas,
-uma granada ou cornalina,
- flores de hibisco ou outras flores vermelhas
- seu jarro menstrual
- vinho tinto
- bolo
- incenso de artemísia ou canela
- uma pedra chata, recolhida por você em uma cachoeira ou rio ( mais ou menos com uns 20 cm ou um pouco mais, e um pouquinho pesada, para você poder colocar sobre o ventre e fazer uma certa pressão)

Acenda os incensos e unte as velas com seu sangue, acendendo-as. Coloque a pedra achatada a sua frente e desenhe nela com seu sangue símbolos da Deusa: espirais, labirintos, triskelions, etc. Deixe no altar suas pedras de cornalina e granada e as flores. Pegue a pedra grande já desenhada, deite-se e coloque-a sobre o útero.

Feche os olhos e comece a se tornar consciente apenas da pedra e do peso sobre seu ventre. Respire no ventre e se conecte com ele. Veja a cor que está aparecendo. Torne-se consciente do grande poder que o sangue menstrual
implica, porque iguala você e a Deusa no processo da Criação. Medite sobre a pequena morte que a menstruação representa. Lembre de quanto sangue ja´ verteu para que a humanidade chegasse aqui e perceba a irmandade que une todas as mulheres que existem e que existirão. Viaje para dentro de seu útero, percebendo-o como que forrado em rico veludo vermelho... Ande por ele procurando o fluxo de sangue ... Veja uma grande piscina de sangue e banhe-se nela. Recupere suas forças nesse processo, recupere o poder de seu ventre.

Veja seu ventre pulsando com essa energia vermelha, saudável e luminoso. Encerre a meditação e imante as flores com essa energia do sangue. Consagre o vinho tinto e o beba em homenagem a Senhora do Oceano de
Sangue, não sem antes fazer uma libação. Coma o bolo. Faça uma oferenda para a Mãe Terra, com parte do vinho, do bolo e com um pouco do seu sangue colocado sobre a terra.

Para melhorar cólicas e diminuir a TPM

Mulheres em conexão com seu ventre, mulheres que assumem o poder da bruxa não têm- salvo patologias mais complexas e mesmo assim raramente- cólicas e problemas com sua menstruação...

Regra número um para obter a conexão é se expor a luz da lua todas as noites por alguns segundos ao menos. A atitude mental deve ser a de fazer coincidir as fases do ciclo com as da lua. Assim, menstrua-se
entre minguante e nova, está-se fértil na cheia...mesmo que sua menstruação não seja assim, vc pode fazer com que o ciclo mude. Se for do tipo que menstrua com a lua cheia, imagine as fases inversamente. Toda noite olhe para o céu e veja a lua. Peça sua força para seu ventre e visualize o que deveria estar acontecendo nele de acordo com a fase da lua.

Você vai se surpreender com a rapidez da resposta. Seu ciclo muda em média, em 3 meses.

Faça um diário lunar, ou seja, todos os dias, por 6 meses, anote o dia do mês, a fase da lua ( contando assim: primeiro dia da crescente, segundo da crescente, primeiro da cheia e assim por diante), como se sente física, mental e psicologicamente. Assim descobrirá em que lua você e´ mais forte, qual sua lua de poder em qual prefere estar recolhida. Isso é essencial para quem trabalha com magia lunar.

- CORNALINA - pedra ideal para colocar sobre o ventre. Diminui as cólicas pela energia que concentra.

Sacola e jarro menstrual

Faça um saquinho de couro ou pano vermelho, colocando dentro objetos de poder ligados à menstruação...Um buzio (que representa a vagina), contas vermelhas, granadas, pétalas de rosa, um desenho de sua vulva em vermelho, uma espiral, uma lua em vermelho sangue. Imante-a e carregue na bolsa quando estiver menstruada, deixando em seu altar o resto do Mês.

Pinte um jarro de vermelho e use-o exclusivamente para fazer a oferenda de seu sangue à Mãe Terra. Coloque água nele e lave seu absorvente. Leve a água com sangue para a natureza ou regue um vaso em sua casa ou
apartamento, mentalizando que está agradecendo à Mãe por compartilhar seu poder com você.

Partilhar e festejar

Busque outras bruxas ( ou outras mulheres que se interessem pelo tema, mesmo que não sejam bruxas) e partilhe com elas histórias e segredos, experiências e meditações , insights que você teve durante a menstruação.
Se todas estiverem acertadas com o ciclo lunar, menstruarão mais ou menos nos mesmos dias do Mês. Recuperem o costume ancestral das mulheres que se reuniam em seu Tempo da Lua para partilhar dos poderes
próprios das mulheres. Celebrem, festejem, cantem e dancem esse tempo que a Mãe nos dá como privilégio e do qual temos que nos orgulhar.



Parte 2



.

Mistérios Femininos

A menstruação é uma das coisas mais sagradas para uma Bruxa e provavelmente o Mistério mais profundo da sacralidade feminina e espiritualidade da Deusa.Em muitas culturas antigas a primeira menstruação de uma garota, a menarca, era marcada com um Rito de Passagem especial. Isto era uma forma de iniciação que introduzia a garota na vida adulta lhe ensinando valores e Mistérios próprios dessa nova condição de vida. Rituais como este foram celebrados entre povos tão distantes quanto os africanos, havaianos, celtas e nativos americanos.Muitos são as Tradições mágicas ligadas à menstruação da mulher e seu ciclo.No Egito os Faraós faziam elixires mágicos com o sangue menstrual para aumentar os seus poderes espirituais e magnetismo. Os gregos misturavam o sangue menstrual de uma mulher nas sementes que seriam plantadas, pois acreditavam que isso aumentava a fertilidade do solo e a possibilidade de conseguir uma colheita farta. Muitas são as lendas que nos falam da criação do mundo através do sangue menstrual da Deusa.Muitos povos antigos construíam templos especiais dedicados à reclusão das mulheres durante sua menstruação, uma vez que eles acreditavam que a mulher possuía poderes mágicos incríveis durante esta fase. As mulheres também eram altamente honradas durante seu período menstrual e recebiam privilégios. Entre os nativos americanos a mulher menstruada saia à noite para caminhar nua entre os campos quando as sementes estavam crescendo, isso afastava os insetos e pragas.

Quando a mulher não encontra solo fértil onde possa aprender e honrar este processo natural de transformação que ocorre em seu corpo, ela pode desenvolver danos psicológicos que acabam por transformar esta transição em uma fase brutal de crises, contestações, problemas emocionais e desencontros internos. Algumas mulheres podem demorar anos para resolver as crises provindas de uma transição mal resolvida na adolescência, outras nunca sairão delas.Uma mulher que não é ensinada a honrar a sacralidade do seu corpo e de sua menstruação perde o seu orgulho, sua auto-estima e confiança. O retorno aos rituais que celebram a Menarca e a transição da infância para a fase adulta da mulher através dos Mistérios do Sangue formam a noção de individualidade, honra e respeito em uma mulher, já que as mulheres não sentem naturalmente vergonha da sua menstruação, são sim ensinadas a isso. Quanto mais as mulheres honrarem seus próprios mistérios, a sacralidade de seu próprio corpo, mais a humanidade estará se afastando do caos promovido por séculos de patriarcado e ofuscação da força e poder feminino.A verdadeira Bruxa deve ter consciência da sacralidade do seu próprio sangue mensal e sobre os Mistérios e ritos que o envolvem. Em tais ritos ela deve perceber o seu sangue como o elixir da vida, sem o qual nada nem ninguém existiria.O sangue menstrual possibilita a mulher a lembrar todos os meses de que ela é a manifestação da Deusa na Terra, que ela é fértil como a Terra, que ela é a vida que nutre a vida. É o não reconhecimento a esta força e poder que faz a mulher se sentir estranha, fatigada, introspectiva e até mesma doente durante sua menstruação, pois renegar a importância e sacralidade deste período é renegar a própria Deusa. A mulher que honra seu ciclo mensal passa a ver o seu sangue não com vergonha, mas como sagrado, o sangue da cura, o sangue da vida, percebendo que a cura da vida está no retorno à sabedoria da mulher e da Deusa.

Os Mistérios do Sangue sempre estiveram associados aos poderes de magia da mulher. Antes dos avanços científicos e o entendimento biológico da menstruação, o ciclo mensal era visto como algo mágico, pois representava a capacidade que a mulher tinha de sangrar sem adoecer. Como para os povos primitivos o sangue estava diretamente ligado a vida e a morte, o fato das mulheres sangrarem mensalmente sem terem sua saúde prejudicada era motivo de espanto e reafirmava o poder da mulher, o qual todos honravam. Como ainda os processos de concepção não tinham sido descobertos, a gravidez era vista como a capacidade da mulher se auto-fertilizar, transformando o seu sangue em nova vida. Até a supremacia patriarcal imperar, os corpos e ventres das mulheres eram o templo sagrado da vida. Com a chegada das religiões patrilineares, a mulher passou a ser considerada a origem do pecado original e de todos os males da vida. A partir dai sua menstruação, a origem do seu poder espiritual, também passou a ser considerado algo pecaminoso, o qual deveria ser evitado. Os corpos da mulheres passaram a ser propriedade dos homens. Mulheres em todo mundo sofrem até hoje o impacto dessa mudança histórica. A menstruação então ganhou vários tabus. A própria bíblia impõe vários preceitos que devem ser seguidos pela mulher que menstruar ou por aqueles que tiverem contato com ela durante seu ciclo: A mulher que estivesse menstruando deveria permanecer intocada por um ciclo de 7 dias, qualquer pessoa que a tocasse era considerada impura; tudo o que ela tocasse durante seu período menstrual deveria ser limpo e purificado; quem se deitasse sobre a mesma cama que uma mulher menstruada deveria se purificar lavando suas roupas e seria considerado impuro durante um período de 24 horas. Para compreendermos isso devemos entender que a menstruação da mulher era vista como a fonte de seu poder mágico e espiritual. Assim sendo, tudo o que é sagrado se torna um tabu e o que se transforma em tabu com o tempo é esquecido, deixado de lado, evitado, ridiculzarizado. A Menstruação da mulher era o mais sagrado dos mistérios. Este ciclo a ligava com a Deusa, pois como Ela a mulher passava por transformações aproximadamente à cada 28 dias.Celebrar novamente os Mistérios do Sangue da mulher torna possível a restauração e resacralização de seu útero, de suas vidas, permitindo que as mulheres se sintam novamente donas do seu corpo e possam viver seus ciclos naturais que incluem menarca, gravidez e menopausa de forma mais equilibrada e em sua totalidade. Ao passo que nossa cultura deixa de realizar tais cerimônias, ela reforça os valores patriarcais e a continuidade da retirada e enfraquecimento do poder da mulher. Muitos são os danos psicológicos causados às mulheres por causa da negligência de nossa comunidade em honrar os Mistérios do Sangue da mulher. Isso inclui a noção de vergonha imposta pela sociedade moderna acerca da menstruação, que é visto por muitos como algo sujo, ruim e subjugador, colocando as mulheres numa posição inferior aos homens ao passo que isso deveria representar o contrário.

"O sangue menstrual, representando o poder de criar vida que conecta as mulheres com o próprio universo"

Magia se faz na Cozinha!

Receitas Mágicas


"Desde pequena aprendi que o lugar mágico da casa era a cozinha, é lá que as bruxas fazem a verdadeira magia com o uso dos alimentos que a nossa Mãe Natureza nos oferece..."

+ Receitinhas pra vocês amiga(o)s Bruxa(o)s....

Pappadelle(ou espaguete) de Eros para Aumento de Sensualidade a Dois!

Ingredientes:

para 2 pessoas

1 pacote de pappadelle ou espaguete de 200gramas
meia xícara (chá) de queijo parmesão ralado
meia xícara (chá) de queijo ementhal ralado
meia xícara (chá) de queijo cheddar ralado
meia xícara (chá) de queijo gouda ralado
1 xícara (chá) de creme de leite fresco
meia taça de vinho branco seco
1 maço de manjericão
pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:

Cozinhe a massa e escorra bem.
Para o molho.Numa panela de ferro ou barro se tiver, derreta os queijos com o vinho(assim o queijo derrete e não gruda na panela), acrescente o creme de leite e a manteiga, leve ao fogo baixo até ferver, mexendo sempre com uma colher de pau. Adicione a pimenta a gosto e o manjericão(como quiser, picado ou inteiro). Quanto ao sal acho que não precisa pois os queijos ja tem sal o suficiente! Jogue a massa suavemente na mistura e mexa. Quando estiver mexendo pense no seu amor e peça a benção de Eros e de sua mãe(Afrodite) para que abençoem seu relacionamento! Comam a massa com um vinho a sua escolha para acompanhar e aproveitem o resultado...

Pétalas de Rosas Cristalizadas para Aumento da Intuição e Sensitividade

Ingredientes

2 xícaras de pétalas de rosas claras(branca, creme, cor de rosa)
2 claras de ovos
3 colheres de sopa de água
pitada de noz moscada
1 copo de açúcar

Modo de Preparo:

Lave as pétalas de rosas. Corte as bases brancas. Drene e seque. Bata levemente a clara com a água e a noz moscada. Mergulhe cada pétala de rosa na clara até que fique umedecida. Em seguida, polvilhe o açúcar sobre cada pétala para que fique uniformemente revestida com ele. Ao fazer o doce agradeça a Deusa por lhe dar a oportunidade de aumentar sua intuição e sensitividade com uma simples rosa! Coloque em uma fôrma de biscoitos com papel manteiga.
Seque ao sol ou em um forno morno de 120ºC, até que as pétalas estejam firmes e cristalizadas. Nem sempre as pétalas ficam firmes, mas não faz mal a aparência o doce é uma delicia e literalmente mágico!

Batata Gratinada para Saúde e Abundância

A Batata é um dos principais alimentos consumidos nos sabbats, simboliza terra por ser raiz, significa saúde e abundância!

Ingredientes:

6 batatas picadas
1 pacote de creme de queijo (aqueles pacotes de sopa)
meio pacote de creme de cebola
500 ml leite
1 colher de farinha de trigo
4 dentes de alho
1 cebola
1 caldo de carne
1 raminho de alecrim ou alecrim desidratado à gosto ( erva da alegria)
queijo parmesão ralado

Corte as batatas em cubos grossinhos, e cozinhe na água com uma colher rasa de sal e um cubo de caldo de carne, até ficarem meio moles, escoa a água e reserve.
Em uma panela refogue a cebola picada e o alho, despeje o leite e o creme de queijo e de cebola (eu usei aqueles cremes da knorr que são na verdade sopas ou cremes) e cozinhei por 3 minutos como nao ficou muito cremosa como eu queria, fervi um pouco de leite e dissolvi a colher de farinha. Misturei o molho e deixei engrossar.
Num refratario coloquei as batatas ja cozidas e polvilhei queijo parmesão um pouco de azeite de oliva e o alecrim, depeje todo o creme em cima, cobrindo as batatas por inteiro.
Liguei o forno na temperatura máxima e deixei gratinar por 30 minutos.

Brodo Italiano

ingredientes

para 2 pessoas

2 cubos de caldo de carne
1 litro de água
1 pacote de capeletti( de sua preferencia)
1 litro de água

Ferva a água com 2 cubos de caldo de carne adicione sal e pimeta a gosto , quando estiver bolente despeje o capeletti e cozinhe de acordo com a embalagem. Não retire a água pois o brodo italiano é na verdade uma sopa de capeletti. Sirva com queijo ralado é otimo!

Sobremesa das Fadas

Ingredientes

6 xícaras de fatias de maçã
1 colher (chá) de canela
suco de duas laranjas
meia xícara de mel
meia xícara de açúcar mascavo
1 xícara de farinha de trigo integral
3 colheres (sopa) cheias de manteiga

Coloque as fatias de maçã numa forma refratária untada com manteiga.
Misture a canela ao suco de laranja e ao mel. Pegue essa mistura e despeje sobre as maçãs.
Misture o açúcar com a farinha de trigo. Pique a manteiga em pedaços, junte-a à mistura de farinha e açúcar, formando uma "farofa", e mexa com a ponta dos dedos. Salpique essa mistura sobre as maçãs.

Asse em forno moderado por aproximadamente 45 minutos.
Deixe esfriar para servir.

Se quiser, salpique, antes de assar, algumas passas, nozes picadas, aveia em flocos, castanhas picadas...

Polpetone para Proteção de Más Energias

Aqui tem a mangerona é usada em proteção do lar, material e sentimental, é otima para pressão alta e colicas menstruais.

Ingredientes

para 2 pessoas

sal e pimenta a gosto
300 gramas de carne
1 cubo de caldo de carne dissolvido em leite fervido
3 fatias de pão de forma sem casca
1 maçinho de mangerona
1 ovo
1 cebola
4 dentes de alho

Primeiro deixe as fatias de pão de molho no leite com o caldo.
Pique a cebola o alho , a mangerona, o ovo e depeje num recipiente com o mixer bata ou se nao bata no liquidificador, adicione a carne o sal e a pimenta, o pao bem espremido(para o excesso do leite sair), bata bem para misturar todos os ingredinetes.
Com a mão faça as bolinhas e frite com pouca manteiga, sirva com arroz e molho.

Rocambole Mussarela de Búfala para Atrair Saúde e Força

Use essa receita no inverno quando a imunidade esta baixa, pois búfalo significa força, saúde e prosperidade. Mais a sensualidade e prosperidade do manjericão. A mistura perfeita de Dionísio e Afrodite!

Ingredientes

1 manta de mussarela de búfala
150g de presunto royale
150g de tomate seco processado
1 maço de rúcula
1 maço de manjericão
sal , pimenta e azeite de oliva a gosto

Abra a manta visualiza as pessoas que vão comer essa receita, imagine todas muito bem de saúde, sorrindo felizes prosperando.
Tempere com sal (pois a manta não vem com sal), pimenta e azeite, coloque o presunto, a rúcula e os tomates, e as folhas do manjericão, um pouco mais de sal e azeite em cima da salada cai bem. Enrole a manta com os recheios e sirva.
Rápido e delicioso!

Torta Suiça Light de Cebola ou PISSALADIÈRE( Massa de Quinoa Real) para Afastar Energias Negativas e Proteção

Massa

- 1 xícara e meia de quinoa em flocos
- 80 gramas de manteiga aproximadamente(usei 2 colheres na temperatura ambiente)
- 1 colher de azeite de oliva
- 3 ovos (são 2 ovos inteiros e mais uma gema)
- 1 pitada de sal e pimenta do reino

Num recipiente grande coloque a quinoa, sal e a pimenta e misture, faça um buraco no meio dos flocos, despejeo azeite de oliva, 2 ovos e 1 gema, misture com o dedo ,depois coloque 2 colheres de manteiga e amasse ate formar uma massa bem homogenea. Fica meio duro mesmo nao estranhe( a quinoa fica durinha mesmo em massas quando crua, mas assando fica otimo), se nescessario use a outra colher de manteiga. Depois da massa bem homogenea. deixe descansar por ao menos 1 hora para absorver bem a manteiga.

Recheio

- 1 copo de leite morno
- 2 colheres de sopa de maizena
- 1 pacotinho de creme de cebola instantaneo de 14 gramas(usei o creme de cebola com parmesão)
- 3 cebola grandes picadas
- 3 alhos amassados
- 100gramas de queijo gorgonzola
- 1 ovo inteiro
- cebolinha picada
- meia xícara de ricota
- 1 pitada de sal e pimenta
- 100 gramas de presunto parma picados
- 100 gramas de mussarela ralada ( daquela que se usa para fazer pizza) para gratinar

Num recipiente dissolva no leite morno a maizena e a sopa instantanea, depois coloque todos os outros ingredientes menos a mussarela e misture bem (experimente para er se esta bom de sal).

Como montar

Num refratario redondo e untado com manteiga, va colocando pedacinhos da massa ate cobrir todo o fundo e as laterais, deixandoa massa o mais fina possivel (assim a massa fica meio crocante).
espeje o recheio. Finalize com a mussarela para gratinar. Coloque no forno pre aquecido e deixe assar por 30 minutos a 200 graus.
Parece complicada mas vale a pena pelo sabor fica otimo! Além de impressionar os degustadores!

Receita Lombinho com Mostarda para Yule

Ingredientes:

Lombinho de porco
Mostarda de Dijon ou a comum (usei da graind'or dijon com pimenta verde)
Alho
Pimenta do reino
Azeite
Louro
Alecrim
Sal

Numa tigela misturar muito bem o alho muito picadinho, a mostarda, as folhas, o sal, pimenta e o azeite. Pincelar o lombinho com este tempero, guardando ao menos 30 minutos para pegar bem o tempero.
Levar ao forno coberto com papel laminado, cerca de 1 a 3 horas, depende de quanto pesa seu pedaço de lombinho.

Pão para Espantar a Ansiedade e o Baixo Astral

Estou colocando mais uma receita para dizer como é facil fazer magia na cozinha. Farei um pão para mandar embora o baixo astral e a ansiedade que bate a minha porta.

O primeiro passo é ver se a lua, o dia da semana, as ervas e os ingredientes condizem com o que desejamos e com os ou as Deusas a qual iremos pedir que resolva o que queremos.

O mel para adoçar meu coração e abrandar a ansiedade, alecrim para purificação, cura e proteção.
A noz moscada o aumento da minha intuição, o trigo para a fartura.

Ingredientes

•2 colheres (sopa) rasas de água morna
•15g fermento biológico
•1 xícara (chá) leite morno
•1 colher (sopa) manteiga
•1/4 xícara (chá) mel
•1 colher (chá) sal
•3 xícaras (chá) farinha de trigo
•1/2 colher (sopa) alecrim seco
•noz moscada

Preparação

Numa tigela, coloque o fermento, a água, o sal e o mel e deixe descansar por 15min.

Acrescente o leite morno, a farinha , a manteiga e misture até formar uma massa que desgrude das mãos (se necessário, acrescente mais farinha).

Ponha o alecrim e amasse novamente.

Trabalhe bem a massa

Deixe descansar com um pano de prato úmido cobrindo a massa até dobrar de tamanho.

Uma dica da minha avó era pegar um pedaçinho da massa fazer uma bolinha e colocar num copo de água, quando a bolinha boiasse estaria pronto para assar.
coloque em fôrmas para pão e asse em forno pré aquecido até dourar.

Nhoque de Quinua em Homenagem as Deusas dos Grãos

Ingredientes

2 pacotes de quinua em flocos ou farinha
1 caldo de carne
1 maço de espinafre
3 xícaras de água
sal
pimenta do reino
1 dente de alho
1 xícara de queijo parmesão ralado
molho de tomate

Primeiro tire as folhas do espinafre e cozinhe com sal, o escorra e pique, depois reserve. Numa panela amasse o dente de alho e refogue com manteiga, coloque 2 xícaras de água e ferva com 1 cubo de caldo de carne e uma pitada de sal e pimenta do reino.
Quando a água levantar fervura jogue 1 pacote de quinua e cozinhe ate virar uma papinha. pronta a papinha misture o espinafre picado e o outro pacote de quinua mexa ate dar o ponto para enrolar nhoque.
Sobre uma mesa limpa e untada com margarina ou óleo despeje a massa e deixe esfriar um pouco, depois enrole e corte os nhoques coloque num refratario untado, polvilhe queijo por cima e jogue o molho de tomate com mais queijo ralado por cima.
Coloque o refratário no forno pré aquecido ate derreter o queijo e pronto. Um nhoque sem glutém, sem batata e com no máximo 500 calorias.
Humhumhumhumhumhum....

Risoto de Mexilhão

Fazer às sextas de lua cheia

½ Kg de mexilhões limpos
2 xícaras de arroz
1 lata de creme de leite
200ml de leite de coco
azeite e sal a gosto
alcaparras
tomilho
curry
açafrão
alho, cebola e salsa desidratados
canela em pau para decorar o prato

Cozinhar o arroz no dobro de água com o alho, cebola e salsa, tomilho, azeite e sal a gosto, curry e açafrão.
Refogar o mexilhão por cinco minutos com azeite, sal e alho, cebola e salsa. Em outra panela misturar o creme de leite com o leite de coco e as alcaparras, acrescentando mais um pouco de sal.
Misturar o arroz com o creme e 2/3 do mexilhão. Colocar numa travessa redonda e usar o restante do mexilhão por cima para decorar, junto com os paus da canela.
Os mexilhões representam o feminino e os paus de canela, o masculino.
Decorar a mesa com uma vela rosa e outra vela laranja (cores associadas ao amor e à sexualidade), oferecendo-as às Deusas do Amor.
Esse prato, altamente afrodisíaco, deve ser degustado com um bom vinho branco em uma única taça, para que você e seu consorte compartilhem seus segredos e reforcem a união e a paixão. Caso esteja solitária, mentalize a vinda de um parceiro ideal.

Sopa de Pã

Indicada para afastar a melancolia.

½ xícara (chá) de uva passa
3 xícaras (chá) de iogurte natural
½ xícara (chá) de creme de leite fresco
1 ovo cozido picado
6 cubos de gelo
1 pepino picado
¼ xícara (chá) de cebolinha picada
sal e pimenta do reino
1 colher (sopa) de salsa picada
1 colher (chá) de dill

Deixe as uvas passas de molho em água fria durante 5 minutos. Coloque o iogurte numa tigela grande e adicione o creme de leite, o ovo, os cubos de gelo, o pepino, a cebolinha, o sal e a pimenta do reino. Escorra a uva passa e acrescente à mistura. Junte a essa mistura 1 xícara de água fria e misture bem. Leve à geladeira por 2 ou 3horas. Sirva enfeitada com salsa e dill picados. Consagre o feitiço a Pã.

Pão de Milho de Mabon

250ml (1 xícara) de farinha de milho;

125ml (1/2 xícara) de farinha de trigo;

10ml (2 c. de chá) de fermento em pó;

5ml (1 c. de chá) de sal;

60ml (1/4 xícara) de manteiga;

2 Ovos;

250ml (1 xícara) de leite;

Aqueça o forno a 200ºc, unte a forma (que tenha pelo menos cerca de 20cm de largura).

Numa terrina misture as farinhas, o açúcar, o fermento o sal e a manteiga, previamente derretida, e misture tudo.

Num outro recipiente bata os ovos com o leite. Com a ajuda de uma colher de pau, incorpore a mistura dos ovos e do leite às farinhas e mexa ate obter uma massa homogénea.

Meta a massa na forma e coloque-a no forno deixando cozer cerca de 25 minutos.

Vá observando a cosedura com um palito, quando este sair seco é porque o pão está cozido.

Maçãs da Grande Ninfa

Ingredientes

- 1 aipo - Marte
- 6 colheres de sopa de creme de leite fresco - Vênus
- 1 limão - Vênus
- Sal a gosto - Lua
- Pimenta do reino a gosto - Marte
- 4 maçãs - Vênus
- Folhas de alface para decorarModo de PreparoLimpe os talos de aipo, lave-os e pique-os. Coloque-os numa
tigela de cerâmica branca e tempere-os com molho feito com creme
de leite, suco de 1/2 limão, sal e pimenta do reino.

Descasque as maçãs, corte uma tampa em cada uma e retire um pouco
da polpa com uma faquinha bem afiada.

Corte um pouco o fundo da maçã, para que permaneçam em pé no
prato de servir. Banhe-as com suco de limão para que não
escureçam.

Distribua a salada de aipo nas maçãs preparadas, cubra-as com as
tampas e leve-as a geladeira por 15 minutos decore cada maçã com
folhas de alface.


Ritual

Faça este feitiço numa hora de lua e num dia de Vênus. Este
feitiço é destinado à expansão do amor. É destinado especialmente
para aquelas pessoas que trancam seus sentimentos e não permite
que o amor floresça. Queime cascas secas de maçã com pétalas
secas de rosas. Salpique por cima algumas gotas de almíscar.
Espalhe pelos cantos da casa ramos de coentro, deixando o suave
aroma impregnar no ambiente.

Na cozinha, deixe um pequeno ramo pendurado na janela e esfregue
nos pulsos algumas folhas de coentro. Relaxe. Visualize uma
grande floresta com enormes carvalhos.

Penetre por um caminho estreito ladeado de morangos silvestres.
Note que o chão é todo feito de pequeninas pedras arredondadas e
que suaves tufos de lavanda crescem entre elas. Repare no intenso
vermelho dos morangos.

Colha um delicadamente e leve-o a boca. Deixe seus lábios
sentirem o suave arrepio provocado pela textura da fruta. Procure
mastigá-la como se fosse um pedacinho de nuvem dentro de sua
boca.

Você sentirá por um momento todo o sabor do universo. Repare que
você está agora numa pequena clareira. Olhe para seu lado direito
e verá um lago muito azul.

Estranhas borboletas voam bem perto da água e você percebe,
então, que são pequenas ninfas. Suas asas brilham tanto que
parecem feitas de diamante. Repare que são minúsculas gotas dágua
que o sol penetra e faz irradiar as cores.

Uma delas perceberá sua presença. Não faça nenhum movimento
porque você penetrou num lugar que não pertence aos homens. Deixe
que a pequena ninfa observe sua aura e veja que não corre nenhum
perigo.

Depois que ela se certificar de que você não vem com a morte nas
mãos, vai lhe perguntar o que deseja.

Responda com a voz calma e suave. A pequena ninfa lhe dará uma
mecha de seus cabelos e você a colocará num saco de seda
vermelha. Agradeça o presente recebido.

Comece o feitiço. Coloque na mesa uma toalha de seda vermelha e
salpique gotas de óleo patchuli. Espalhe galhinhos de lavanda e
morangos sobre a mesa.

Ponha algumas velas perfumadas queimando no ambiente e, no centro
da mesa, coloque duas velas verdes dentro de um recipiente
redondo de cristal, com água pura da fonte. Queime incenso de
morango. Procure vestir algo vermelho quase vinho.

Perfume-se com óleo de patchuli, corte uma mecha de seus cabelos
e amarre-a com uma fita de veludo vermelho. Coloque essa mecha
dentro de um pequeno saco de veludo vermelho e mantenha-o sobre a
mesa. Sirva champanha em finas taças de cristal. Consagre este
feitiço à suave Ninfa Hamadríades.


terça-feira, 14 de julho de 2009

Magias com Azeite


AZEITE - LIVRE-SE DAS DOENÇAS AGORA!

2 colheres por dia!
É tudo o que você precisa saber para mudar a sua saúde

Limpe seu organismo
Cardápio para desintoxicar, viver mais e melhor

~>Reduz barriga
~>Previne osteoporose
~>Evite diabetes tipo 2
~>Controla o colesterol
~>PROTEGE O CORAÇÃO


Mais saúde no dia-a-dia

O azeite de oliva é um velho conhecido dos povos mediterrâneos, sendo amplamente consumido em países como a Grécia, a Espanha e a Itália. Não por acaso, a saúde e a longevidade de boa parte da população desses países é invejável. Pode parecer exagero, mas acredite: o consumo de apenas 2 colheres (sopa) de azeite por dia pode fazer milagres pela sua saúde.
Esse poderoso óleo vegetal ajuda a reduzir barriga, controlar o colesterol, evitar o diabetes tipo 2, prevenir a osteoporose e melhorar o funcionamento gastrointestinal. Conheça também um dos responsáveis por grande parte desses benefícios: a gordura monoinsaturada, que está presente em mais da metade da composição do azeite e é considerado o tipo de gordura mais saudável. E mais: para você não se perder em meio a tantas variedades desse produto, encontradas nas prateleiras dos supermercados, veja como diferenciar os tipo de azeite e escolher o melhor para sua saúde.

De olho no rótulo – Para que você não erre na hora de comprar o azeite é muito importante saber identificar as propriedades deste produto no rótulo.

Extravirgem

Após uma única a frio da azeitona obtém-se o azeite extravirgem. Por esse motivo, ele é o mais puro e sua acidez é de no máximo 1%. Após a prensagem, ele é apenas filtrado, conservando um sabor acentuado. Seu consumo é recomendado em saladas, queijos, pães ou receitas que não necessitam ir ao fogo.

Virgem

É extraído na segunda ou terceira prensagem da azeitona. Sua acidez pode ser de até 2% e o seu sabor é menos acentuado em relação ao extravigem e um pouco mais adocicado. É usado em pratos que necessitam ir ao fogo.

Puro (Só de Nome)

É uma mistura entre o azeite refinado e virgem. Como é menos concentrados, o sabor desse tipo é suave e ele também é mais barato.


Magia do Tempero Contra o Medo

Esta magia vai afastar o medo de quem comer, ou morar na mesma casa onde for feito.

O alecrim é muito usado como desobsessor e é usado para limpar o campo áurico.

O azeite de oliva é excelente no combate ao medo e você pode usá-lo para cozinhar ou temperar. Os ramos das oliveiras eram usados como adornos por varios imperadores na Grécia e Roma antiga para enfatizar a coragem e sabedoria!

Para fazer esta magia, você vai precisar de:

1 litro de azeite de oliva

1 ramo de alecrim

8 dentes de alho (na numerologia o número 8 é coragem)

1 raminho de manjericão

Coloque o alecrim, o manjericão e o alho no azeite e deixe curtir, descansando por 15 dias.

Depois deste período, estará pronto para o uso. Alé de eficaz é uma delicia!

Azeite de Manjericão

Use este azeite para fazer os rituais de prosperidade.

Encha uma garrafa transparente até a metade com folhas de manjericão frescas e limpas, sem os talos.

Depois completar a garrafa com azeite de oliva, e deixar a Sol, por duas semanas; terminado o prazo, coar, em filtro de papel, e guardar num vidro escuro.

Tanto pode-se usar para os rituais como para a comida.

Pó Mágico para a Prosperidade

- Uma parte de folhas de eucalipto
- Uma parte de louro
- Uma parte de manjerona

Triturar as ervas -que devem estar secas- num morteiro, mentalizando enquanto o faz, o propósito para o qual serão usadas.

Colocar todos os dias um pouquinho na entrada da casa, do negocio, na carteira ou em todos estes lugares.

Deve ser guardado num vidro transparente, mas não em lugar escuro.

Azeite Mágico para Restaurar as Energias

- 4 gotas de laranja morena
- 4 gotas de mandarina
- 4 gotas de lima

Misturar tudo em 25 ml. de azeite de jojoba e 25 ml. de azeite de amêndoa doce;
Usa-se em rituais para restaurar a energia, para massagens tanto terapêutico como afrodisíacos, e quando a pessoa sente-se desanimada ou muito cansada.

Magia da Bússola Pessoal


Bússola Pessoal

Esta magia é muito simples, porém bastante eficiente para melhorar o nosso aspecto financeiro, dando uma direção aos nossos esforços, ao gerar um ponto bem definido para onde focalizarmos nossa atenção.


Tenha estes pontos em mente ao realizar a sua “Bússola Pessoal”:

1 - Para o ponto cardeal que aponta a seta, é para onde serão dirigidos os seus esforços.

a) Norte: assuntos materiais
b) Sul : para se proteger, se cuidar, se preservar, se defender.
c) Oeste: Amor; para encontrar ou manter o Amor em sua Vida, e/ou resolver
problemas nesta área.
d) Leste: para assuntos espirituais.


2) Escrever o Nome da pessoa a ser beneficiada desta magia, de cima para baixo, sempre no eixo Norte-Sul, não importando qual direçao será dada à seta, ou qual Tatwa tenha sido escolhido.



3) Como fazer: escolha o Tatwa adequado a sua necessidade:

a) Norte – O Quadrado Amarelo de Privithi
b) Sul – O Triangulo Escarlate de Tejas
c) Oeste – O Crescente Prateado de Apas
d) Leste – O Círculo Azul de Vayu



4) Depois de ter escolhido, desenhe a bússola no Tatwa correspondente à área que quer melhorar, representada pelo círculo no desenho, e os eixos, Norte -Sul, e Leste-Oeste.

A seta deve estar dirigida para o ponto cardeal do Tatwa que vc escolheu.

Depois de feito, devolver o Selo ao seu Elemento.

Norte: enterrar
Sul : queimar
Oeste: enterrar, mas antes de fechar o buraco jogar água encima, se não tiver uma
corrente de água para jogar ele (rio ou praia).
Leste: rasgar em pedaços e jogar ao vento.

Ao entregar da forma descrita acima, diga : “devolvo este Selo ao seu Elemento”
Observação: deixar passar um ciclo inteiro da Lua (28 dias) antes de re-direcionar a sua Vida; a direção anterior continua se firmando de todas formas.

A Trilogia da Vida



Esta trilogia se Relaciona com a Vida e seus Códigos

1) “Plantar uma Árvore”
2) “Ter um Filho”
3) “Escrever um Livro”


Como todos os códigos, cada um destes três têm seu próprio corpo de leis, dispostas num plano rigoroso e sistemático.


O Primeiro, “Plantar uma Árvore”, refere-se ao fato de que devemos tornar-nos “jardineiros” e não construtores.

Os construtores são os “arquitectos”, os que controem coisas, casas, paredes, os que somente tornam nossa sociedade em Cainita, fruto de Caín, com seus labirintos, onde nos encerramos fora e longe da natureza, da Vida mesma.

Ao contrário, os “jardineiros”, não construímos nada, nós criamos, semeamos e colhemos, como ar que somos, como Abel que nascemos.

Não nos detemos em nada, nem em nenhum lugar, somos como o ar, como o Sopro da Criação que insufla Vida a tudo aquilo por onde passa.

O Segundo, Código da Vida “Ter um Filho”, não significa um filho engendrado por nós; refere-se ao Filho do Espírito, ao que renasce da vida para a Vida.

Ter um filho nesse contexto, significa proporcionar a outro Ser, a oportunidade do Renascimento, o qual será confirmado com o próprio descobrimento do seu Nome Cósmico.

O Terceiro Código, ” Escrever um Livro”, nos reverte a Lei da Evolução, e a encontrar a corrente na qual estamos viajando; se nossa vida não está como o desejamos, ou si estamos andando em círculos, é porque cristalizamos e não nos abrimos em espirais evolucionarias.

Para que isso aconteça, para que possamos sair do ostracismo natural das formas preestabelecidas, temos que alterar a corrente de evolução na qual estamos viajando; alterá-la, não quebrá-la, porque isso geraria o caos em nossa existência; alterá-la em si mesma, e isso somente é possível através dos saltos evolucionários que a Lei da evolução nos permite.

O Poder de 4

As Claves do Espaço-Tempo

A Terra na Água,
O Ar no Fogo,
Um único raio que abre caminho
E se desdobra em quatro direções.

A Terra sobre a Água
Contem um Portal,
Se você o atravessa
Verá o Portal do Ar
Enviando-lhe sua energia ao Fogo.

Quatro Elementos,
Quatro Seres,
Que contem
O Equilíbrio em Si Mesmos.

Quatro em Um,
Quatro em quatro,
Uma equação
Que reúne ao Criador
Com seu oponente, o Destruidor,
Numa dança harmônica,
Que impede a morte,
E traz a ressurreição.

Uma união Cósmica
Que representa e descreve
A Historia do Mistério da Criação.

A Água é a base da Terra,
O Fogo se alimenta do Ar,
A Vida é a base da Alma,
O espírito se alimenta da mente.

O Amor é o Portal da Vida,
O conhecimento é o Portal do espírito,
Por isso a Vida sustenta o Amor,
E o espírito cresce com o conhecimento.

A Segurança esta na Terra,
A Força na Água,
O Poder no Ar, e
A Energia no Fogo.

A estabilidade da Terra
Reside em sua capacidade de recordar,
De aceder às memorias,
E ir aos Arquivos Akashicos.

A Força da Água
Reside em sua capacidade
De adaptar-se às situações,
Propiciando as mudanças necessárias.

O Poder do Ar
Reside em sua capacidade
De atravessar todos os seres,
E assim manter constante
o ritmo da Pulsação Universal.

A energia do Fogo
Reside em sua capacidade
De gerar Luz e calor,
Proporcionando assim
A segurança necessária na Terra,
Para que a Força da Vida
Tenha o Poder de se manifestar
Em cada batida rítmica
Que contem a Respiração Universal.

O Poder da Mãe Natureza

Como Trabalhar Magicamente
Em Harmonia com as Forças da Grande Mãe


Os eventos naturais são períodos de uma energia muito intensa que podemos aproveitar como um reforço extra em nossas magias.

- Quando a Mãe Natureza nos agraciar com tempestades, raios, trovoadas, coriscos e relâmpagos (tudo isto sem chuva) realize encantamentos e rituais com a finalidade de proteger, defender.

- Se desejar melhorar seu plano afetivo, as magias e encantos relacionados com a harmonização das relações serão uma ótima escolha de trabalho durante as tempestades que vêm acompanhadas de chuvas fortes.

Também para trabalhar no sentido de obter compaixão, consolidar amizades, e rituais de beleza e problemas simples de saúde.

- Os temporais de granizo são períodos raros porém especiais para nos livramos das culpas e dissipar os ciúmes, próprios ou de outros.

-Se você esta em períodos de estudo, ou trabalha com papeis, ou m problemas de qualquer tipo relacionados com eles e com coisas no âmbito da lei, dividas, dinheiro atrasado para receber, atuar magicamente em períodos de ventos fortes e ventanias será um grande apoio nestas questões.

- Esperar por um eclipse tanto de Sol quanto de Lua, é uma sábia decisão para um ritual importante de banimento, e para erradicar doenças crônicas.




Oração á Mãe Natureza

Esta oração vai te ajudar a se conectar mais fácil e rápido com a Mãe Natureza, com nossa Deusa tão amada. Use sempre que estiver em ambiente propício a se aproximar da natureza!

PORTAL DE ENTRADA NA NATUREZA…SANTUÁRIO MÁGICO,

ACOLHE-ME EM TEUS BRAÇOS,

CONFUNDE-ME COM TEU VERDE,

E COM TUA LUZ…

DEIXA-ME ULTRAPASSÁ-LO NUM SONHO,

LIVRA-ME DO MEDO,

DESVENDA-ME OS TEUS SEGREDOS,

PARA DOBRAR-ME A TEUS PÉS.

DE DIA SOU MULHER AS VEZES FADA,

A NOITE SOU BRUXA, E ASSIM ME FASCINA FAZER VÔO

EM BUSCA DE SORTILÉGIOS E FEITIÇOS DE AMOR…

PORTAL MÁGICO NA NATUREZA,

ABRA PARA MIM E

DÁ-ME A SABEDORIA DA DEUSA,

PRÁ QUE EU POSSA ENTENDER

ESSE MEU DESTINO ONDE A LIBERDADE

ESTÁ DENTRO DO MEU SER…

terça-feira, 7 de julho de 2009

Encanto com os 4 Elementos e a Prosperidade

Para fazê-lo é preciso ter recortado um quadrado amarelo, de cartolina, de
4 cm. de lado; um circulo azul, de cartolina, de 4 cm. de diâmetro; um triangulo equilátero vermelho, de cartolina, de 4 cm. de lado; uma Lua Crescente, de cartolina prateada, de 4cm. de altura.

Por último, um Oval Negro, também de 4 cm. de altura.

Tendo estas figuras recortadas, levá-las ao altar, e com uma caneta vermelha, escrever o seguinte dentro de cada figura.

Antes de fazê-lo, obviamente é preciso, saudar o altar e pedir á Deusa, que atenda e testemunhe o ritual de proteção que vamos fazer.


*Primeiro, no Quadrado Amarelo, dizer em voz alta, enquanto escreve nele as palavras que estão na figura ao lado: :



*Segundo, no Triangulo Escarlate, dizer em voz alta, enquanto escreve nele as palavras que estão na figura ao lado: :



*Terceiro, no Crescente Prateado, dizer em voz alta, enquanto escreve nele as palavras que estão na figura ao lado:



*Quarto, no Círculo Azul, dizer em quanto escreve nele as palavras que estão na figura ao lado:



Ir escrevendo e deixando de lado no Altar, os “Selos”, (é assim como as Bruxas chamam estes símbolos) e por último pegar o Oval Negro, e dizer em voz alta, enquanto escreve nele as palavras que estação na figura ao lado:

Feito tudo isto, deixar o Oval Negro no Altar, e levar os outros para o seu pátio ou terraço; ao enterrar o Quadrado Amarelo, dizer:

“Devolvo este selo ao seu elemento”

Queimar o Triangulo Escarlata, e dizer a mesma coisa, enquanto repete: “Devolvo este selo ao seu elemento”

Fazer um buraco pequeno na terra e colocar o Crescente Prateado, jogando água encima dele, e repetir a mesma frase que para os outros.
O Circulo azul, deve ser rasgado em pedaços bem pequenos, e jogado para cima, ao vento, enquanto repete a mesma frase:
“devolvo este Selo ao seu elemento”

Depois de fazer isto voltar ao Altar, tomar o Oval nas mãos, e agradecer a Deusa, como na saudação da noite ou de outra forma que desejar, e guardá-lo em sua carteira ou onde guarda o dinheiro.

Esta magia dura uma estação inteira; mas pode fazê-lo em qualquer data, sendo que na primeira troca de estação, deve ser feita novamente.

O Oval anterior, tem de ser queimado na vela do Altar com o devido agradecimento.

Os tamanhos dos Selos podem ser maiores, se lhe fica mais cômodo para escrever, mas aconselho a fazer o Oval o menor possível, pois sera melhor de andar com ele depois.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Magia com Velas

Ritual Mágico para o Trabalho, os Negócios, ou a Profissão

Projete este ritual , sempre num dia de Mercúrio, quarta-feira, das 15:00 as 16:00 horas.

No Altar, mesmo que seja em um improvisado, coloque as velas da seguinte forma, com os itens correspondentes:

Ao Leste coloque uma vela branca, e incenso de canela
Ao Oeste, a vela preta e uma tigela contendo água pura
Ao Norte uma vela marrom, e um cálice cheio de sal marinho
Ao Sul uma vela da cor de seu signo zodiacal e coloque um papel com o seguinte dizer:

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, a Substancia Formadora de todas as coisas, e o Verbo era a Substancia Formadora de todas as coisas.
Todas as coisas forma criadas por intermédio Dela, a Substancia Formadora, Deus, O Criador, A Deusa, e sem Ela, nada do que foi feito se fez.
A Vida estava Nela, e a Vida era a Luz dos humanos; a Luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela.”

Na sua vela escreva seu nome, e na marrom o símbolo de Mercúrio.
Acenda o incenso, e as velas.
Depois, eleve os braços em direção ao Norte e leia o que está escrito no papel.

A seguir, invoque Rafael, o Arcanjo de Mercúrio:

“Rafael, Arcanjo de toda atividade, neste dia torne poderoso minha ação mágica!

Receba esta Luz, os aromas suaves que se elevam a Você!
Eu (diga seu Nome) peço a Sua ajuda para….(diga o que deseja)
Rafael, Guia-me para o caminho do sucesso, guia-me para a Tua Luz!

Fique por cinco minutos visualizando o seu desejo realizado, e a seguir invoque a ajuda de Mercúrio.
Levante os braços novamente e diga:

“Mercúrio Pé alado, ouça meu pedido!
Hoje, eu (diga o seu Nome)
Invoco a tua ajuda sublime para que
O meu desejo…(diga seu desejo novamente)
Seja rapidamente concedido!

Corra para mim no Universo,
Oh! Mercúrio, e dê-me aquilo
Que justamente quero obter!

Deixe as velas queimar por 2 horas, agradeça a Rafael, a Mercúrio, e a todos os bons gênios do invisível, por ter atendido o seu pedido.

Apague as velas, assoprando, uma por uma, e imaginando que está com esse ato, afastando os problemas para longe.

Depois, junte todos os resíduos, de incenso, de velas, e enterre.
A água jogue fora no ralo, e o sal guarde num pote.

Enquanto as velas queimam, tenha sempre o seu desejo presente, ainda que não precisa ficar olhando para elas por mais que alguns minutos.

Acenda o incenso cada vez que terminar, consciente de que os aromas que se espalham, transportam para o Cosmos a força do seu pensamento, o desejo do seu coração, junto com a energia que se desprende do ritual, fazendo com que seu desejo se torne realidade.

Magia com os Quatro Elementos



Feitiço de Contra-tumba

Contra-tumba, significa obviamente contra a morte; por isso este feitiço é um escudo, e “muitississimo”poderoso.
Cabe dizer que funciona igual a um escudo comum físico, a não ser pelo fato de que também age nos níveis espirituais, mas… ao igual que um escudo físico, não protege se esta pendurado na parede, ou encostado no chão, ou guardado na mezinha de cabeceira, ou na bolsa, ou na carteira.

So serve como escudo se levado encima, no corpo, no bolso da calça, na roupa de baixo, preso com uma joaninha, em qualquer uma das peças da roupa, que estivermos usando, escondida é claro. Não ha necessidade de evitar que as pessoas o vejam, é opcional de cada um que o usa.

Para fazê-lo é preciso ter recortado um quadrado amarelo, de cartolina, de
4 cm. de lado; um circulo azul, de cartolina, de 4 cm. de diâmetro; um triangulo equilátero vermelho, de cartolina, de 4 cm. de lado; uma Lua Crescente, de cartolina prateada, de 4cm. de altura.

Por último, um Oval Negro, também de 4 cm. de altura.

Tendo estas figuras recortadas, levá-las ao altar, e com uma caneta vermelha, escrever o seguinte dentro de cada figura.
Antes de fazê-lo, obviamente é preciso, saudar o altar e pedir á Deusa, que atenda e testemunhe o ritual de proteção que vamos fazer.

*Primeiro, no Quadrado Amarelo, dizer em voz alta, enquanto escreve:

“Espíritos do Norte, protejam-me
e escondam-me dos meus inimigos”

*Segundo, no Triangulo Escarlate, dizer em voz alta, enquanto escreve:

“Espíritos do Sul, protejam-me
e defendam-me dos meus inimigos.

*Terceiro, no Crescente Prateado, dizer em voz alta, enquanto escreve:

“Espíritos do Oeste, protejam-me
e afastem meus inimigos.

*Quarto, no Círculo Azul, dizer em quanto escreve:

“Espíritos do Leste, protejam-me
e destruam meus inimigos”

Ir escrevendo e deixando de lado no Altar, os “Selos”, (é assim como as Bruxas chamam estes símbolos) e por último pegar o Oval Negro, e dizer em voz alta, enquanto escreve:

“Assim é,
Assim será,
Em Nome do Espírito,
dos espíritos,
Em Nome Daquela que É”

O “Espírito dos espíritos” que fala aqui, é Akasha, ou o Todo, ou o Universo, ou O Criador, como você o sentir melhor, mas a idéia é essa.

Escrevo Espírito com maiúscula quando se trata de Akasha, e com minúscula quando falo dos Eu Superior, a parte Luz, que nos liga com nossas memorias de existências anteriores.
E “Aquela que é”, é a Mãe Terra, a Deusa.

Feito isto, deixar o Oval Negro no Altar, e levar os outros para o seu pátio ou terraço; ao enterrar o Quadrado Amarelo, dizer:

“Devolvo este selo ao seu elemento”

Queimar o Triangulo Escarlata, e dizer a mesma coisa.

Fazer um buraco pequeno na terra e colocar o Crescente Prateado, jogando água encima dele, e repetir a mesma frase que para os outros.
O Circulo azul, deve ser rasgado em pedaços bem pequenos, e jogado para cima, ao vento, enquanto repete a mesma frase:
“devolvo este Selo ao seu elemento”

Depois de fazer isto voltar ao Altar, tomar o Oval nas mãos, e agradecer a Deusa, como na saudação da noite ou de outra forma que desejar, e guardá-lo com você, como explicado antes.

O que eu faço, sempre que dou um escudo, para alguém ou quando fiz para mim e minha família, é costurar um saquinho de pano, e prendê-lo na roupa com uma joaninha.

Este escudo dura uma estação inteira; mas pode fazê-lo em qualquer data, sendo que na primeira troca de estação, deve ser feito novamente.

O Oval anterior, tem de ser queimado na vela do Altar com o devido agradecimento.
Talvez pareça pouco efetivo, mas posso lhe garantir que não o é, se você o usa permanentemente, inclusive quando dorme, tirando-o apenas para tomar banho.

Os tamanhos dos Selos podem ser maiores, se lhe fica mais cômodo para escrever, mas aconselho a fazer o Oval o menor possível, pois sera melhor de andar com ele depois.

Vários Feitiços com a Mesma Base


Se Fazem com a Bruxa Donzela

Base:

1) Um buraco na terra, fora da propriedade.
2) Um papel ovalado, branco liso, pode ser feito de uma folha de ofício,
com a forma de Akasha.
3)Diversos tipos de líquidos, os quais devem ser jogados no buraco.

Os feitiços de bloqueio, afastamento, ou seja os negativos, devem ser feitos, voltada/o para o sul, as 11:45 horas, antes do meio dia.

Os positivos se fazem as 18:00 horas, voltado para o norte.
Os negativos se fazem com o papel de pé, em sentido vertical, ou seja com a parte menos larga para cima e para baixo; os positivos se fazem com o papel ovalado em linha horizontal, ao contrário do outro.

Os positivos abrem, atraem, etc.; os negativos fecham, bloqueiam, etc.
Depende o que se faz com o papel, é para o que serve o feitiço, porque o oval branco funciona como uma porta.

É necessário ter muito cuidado com a posição do papel, pois se faz um feitiço positivo com o papel na vertical, se afastara aquilo que desejamos obter, ou ao contrario, se faz um negativo com o papel na horizontal, atrairemos o que tentamos afastar, sem contar com o choque de forças, que nem é preciso imaginar quais conseqüência lhe traria.

Feitiço para Dinheiro

Para conseguir aumento de salário, ou o que seja com dinheiro; subir de cargo, conseguir emprego em uma empresa específica, fazer um negócio, no sentido de “com alguém”.

Fazer água com sabão, com bastante espuma; escrever o que deseja no oval, de forma horizontal, com o nome da empresa ou da pessoa, ou o nome de quem nos deve dinheiro, etc.

Colocar o papel na água, e ir a um lugar alto, um terraço, uma janela num primeiro andar, sempre o mais alto possível, ainda que seja uma escada, e soprar a espuma que está encima da água, e depois fazer bolhas, com a água que sobrou, como as crianças fazem, com um carretel de linha ou alguma coisa similar. De vez em quando agitar a água para que faça mais espuma e assoprá-la outra vez, continuando depois com as bolhas.

Sempre pensando que isto é para elevar-nos na vida, ou a pessoa para a qual o estamos fazendo, para mudar de um estrato social a outro mais alto.

Sempre que se faz este tipo de trabalho, a gente ri muitoe isso está bem, porque as bruxas adoram rir, pois isso gera energia para que a magia funcione.

É ideal deixar que as crianças que brinquem de fazer bolhas com você, na mesma água ou em outra separada se lhe parece melhor.

O importante é que saiba que muitas vezes quando estiver trabalhando com as Bruxas, você rirá muito, e que isso esta bem.

Despois de algum tempo de fazer bolhas, não menos de 10 minutos, tirar o papel da água, e enterrá-lo com algo da pessoa para a qual é o feitiço, algo seu, ou de quem esta tentando ajudar, não da empresa, nem de quem quer que lhe de alguma coisa; tem de ser algo que você usa e que chama a atenção, como uma bijuteria, ou um lenço, um broche, ou um anel, ou qualquer coisa que chama a atenção e que quando você usa as pessoas dizem: “que lindo” ou ” o que é isso?”.

É mais difícil conseguir algo assim dos homens; se não tiver ou a pessoa não tem, então compre algo atrativo e use-o um par de vezes para carregá-lo com sua energia, e depois use-o no feitiço.

Pode ser qualquer coisa desde que seja pessoal; se for algo estapafúrdio, não precisa levar no seu lugar de trabalho, use-o nas horas livres, e divirta-se ao centro das atenções, dos amigos e vizinhos.

Na verdade, quanto mais chamar atenção melhor, pois é isso que você quer: ser notado pelos seus superiores, seus empregadores, ou as pessoas que o escolherão ou a sua empresa para fazer negócios.

Se realiza as 18.00 horas olhando ao Norte, tanto enquanto o faz, como quando o enterrar; água se verte no buraco encima de tudo, e se tapa de terra e se deixa sem nunca voltar a tirá-lo.

No caso de estar trabalhando para sócios de um negocio, deve-se colocar o nome de todos com algo de cada um.

Para que os subordinados façam o que queremos

Para pessoas arrogantes; para organizar uma empresa, quando tudo esta mal e em desordem; para conseguir uma promoção.
No oval branco colocado de forma vertical, escrever os nomes das pessoas, de cima para baixo, um encima do outro, como uma lista; riscar ondas por cima dos nomes, ondas em sentido horizontal, em todo o papel; colocar em água pura com os nomes voltados para baixo.

Colocar no buraco, o papel com os nomes voltados para baixo, e água por cima; colocar uma vela azul ao lado do papel, a metade da vela enterrada; acendê-la, e deixar queimar uns minutos, tapando tudo com terra enquanto a vela esta acesa, deixando-a terminar de queimar. Ou seja que o buraco tem que ter a metade da vela de profundidade.

Para Desfazer-se de um Inimigo

Escrever o nome do inimigo numa vela branca, pequena, comum; cortar a vela ao meio com o atame (punhal ritual), e enterrar os dois pedaços em lugares separados, e afastados; pode ser de um lado e outro de uma rua.

Para atrair Clientes

Escrever no oval branco em linha horizontal, as características dos clientes que se deseja atrair; molhar em água mineral, não mineralizada, e enterrar no buraco, as 18:00 horas, de frente ao norte.

Para Terminar com Obstáculos

Para pessoas descontentas, de mau gênio, ou com mau humor; no oval branco, em linha vertical, escrever o nome da pessoa e/ou os obstáculos que ela está gerando; furar o papel com o atame, somente uma vez, e jogá-lo no buraco de forma depreciativa; depois enterrá-lo.

Este feitiço não leva nenhum liquido.

Fazê-lo as 11:45 horas, olhando para o Sul.

- Este mesmo feitiço se usa para pessoas furiosas, brutas, ruins, etc., neste caso, furar e embolar.
- Também serve para livrar-se de pessoas, chatas, que nos acossam de alguma forma, inclusive em caso de acosso sexual.
Neste caso tem que furar,embolar e molhar o oval antes de enterrar.

Nestes três últimos, dos obstáculos, colocar uma fruta qualquer para que se apodreça (a fruta).
Estes feitiços dos obstáculos, pense bem antes de usá-los, lembre da lei de “transfer”, ou retorno.

E somente o faça em caso de extrema necessidade, para não aumentar o problema para você, ou em sua casa; isto vale para qualquer feitiço negativo.