Loja Virtual!

Loja Virtual!

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

ESTRELA DE 5 PONTAS



Desde os primórdios da humanidade, o ser humano sempre se sentiu envolto por forças superiores e trocas energéticas que nem sempre soube identificar. Sujeito a perigos e riscos, teve a necessidade de captar forças benéficas para se proteger de seus inimigos e das vibrações maléficas. Foi em busca de imagens e objetos, criou símbolos para poder entrar em sintonia com energias superiores e ir ao encontro de alguma forma de proteção.

Dentre estes inúmeros símbolos criados pelo homem, se destaca o pentagrama, que evoca uma simbologia múltipla, sempre fundamentada no número 5, que exprime a união dos desiguais. As cinco pontas do pentagrama põem em acordo, numa união fecunda, o 3, que significa o principio masculino, e o 2, que corresponde ao princípio feminino. Ele simboliza, então, o andrógino.

Sempre esteve associado ao mistério e à magia. É a forma mais simples de estrela e que deve ser traçada com uma única linha, sendo conseqüentemente chamado de "Laço Infinito".

A configuração da estrela de cinco pontas em posições distintas, trouxe várias definições simbólicas para o pentagrama, que foram sendo associadas a conceitos de magia branca ou magia negra. Daí a criação do código de ética de Wicca - que traz como preceito básico: "Não desejes ou faças ao próximo, o que não quiseres que volte a vós, com três vezes mais força do que aquela que desejastes."

O Pentagrama é o símbolo de toda criação mágica. Suas origens estão perdidas no tempo. É conhecido com a estrela do microcosmo ou do pequeno universo - a figura do homem que domina o espírito sobre a matéria, a inteligência sobre os instintos.

Na Europa Medieval era conhecido como "Pé de Druida" ou como "Pé de Feiticeiro"; em outras épocas ficou conhecido como a "Cruz dos Goblins".

O Pentagrama representa o próprio corpo, os 4 membros e a cabeça. É a representação primordial dos 5 sentidos, tanto interiores quanto exteriores. Além disso, representa os 5 estágios da vida do homem:

* Nascimento: o início de tudo

* Infância: momento onde o indivíduo cria suas próprias bases

* Maturidade: fase da comunhão com as outras pessoas

* Velhice: fase de reflexão, momento de maior sabedoria

* Morte: tempo do término para um novo início.

É o símbolo da Bruxaria. Os Bruxos o usam para representar a sua fé e para se reconhecerem. É muito importante para um Bruxo, da mesma forma que a cruz o é para um cristão ou o Selo de Salomão, para um judeu.

O Pentagrama representa o homem dentro do círculo, como sinal da comunhão total com os Deuses. É o mais alto símbolo da Arte, pois mostra o homem reverenciando a Deusa , já que é a estilização de uma estrela (homem) assentada no círculo da Lua Cheia (Deusa).

Cada uma das pontas possui um significado particular:

* PONTA 1 - ESPÍRITO: representa os criadores , a Deusa e o Deus, pois eles guiam a nossa vida e nos ajudam na realização dos ritos e trabalhos mágicos. O Deus e a Deusa são detentores dos 4 elementos e estes elementos são as outras 4 pontas.

* PONTA 2 - TERRA: representa as forças telúricas e os poderes dos elementais da terra, os Gnomos. É a ponta que simboliza os mistérios, o lado invisível da vida, a força da fertilização e do crescimento.

* PONTA 3 - AR: representa as forças aéreas e os poderes dos Silfos. Corresponde à inteligência , ao poder do saber, a força da comunicação e da criatividade.

* PONTA 4 - FOGO: representa a energia, a vontade e o poder das Salamandras. Corresponde as mudanças, as transformações. É a força da ativação e da agilidade.

* PONTA 5 - ÁGUA: representa as forças aquáticas e os poderes das Ondinas. Está ligada às emoções, ao entardecer, ao inconsciente. Corresponde às forças da mobilidade e adaptabilidade.

Portanto, o Bruxo que detém conhecimento sobre os elementos, usa o Pentagrama como símbolo de domínio e poder sobre os mesmos.